Sistema de Graduação

INICIANTE


Corda Crua – Esta é a primeira corda de um aluno.


Corda Crua/Amarela – Transformação – É a primeira corda que o capoeirista recebe no seu primeiro batizado.

ALUNO


Corda Amarela – O Ouro – Significa a valorização do aprendizado que será desenvolvido a partir desta graduação.


Corda Amarela/Laranja – Transformação.


Corda Laranja – O Sol – Significa o despertar para a consciência do aprendizado.


Corda Laranja/Azul – Transformação.

ALUNO GRADUADO


Corda Azul – O Mar – Significa a cosciência da imensidão do caminho a percorrer.


Corda Azul/Verde – Transformação.


Corda Verde – A Floresta – Significa um dos pulmões do mundo. É nessa graduação que se concentra todo o trabalho. É a solidificação do aprendizado. É desta graduação que sairá a continuação e o alicerce da ABADÁ.


Corda Verde / Roxa – Transformação.

INSTRUTOR


Corda Roxa – A Ametista – É reflexão da continuidade da capoeira. É nesta graduação que o capoeirista procura superar a dor física, psicológica e espiritual na busca dos conhecimentos da Capoeira e na defesa dos ideais da ABADÁ.


Corda Roxa / Marrom – Transformação.

PROFESSOR


Corda Marrom – É a corda que caracteriza o estilo, o Camaleão. É desta graduação que sairão os futuros Mestrandos, Mestres e Grão-Mestres da ABADÁ.


Corda Marrom / Vermelha – Transformação.

MESTRANDO


Corda Vermelha – O Rubi – É a pedra que simboliza a justiça. É a fase que o capoeirista adquire a cosciência da responsabilidade que tem com a Capoeira, procurando conduzir o seu trabalho e as suas decisões com justiça.

MESTRE


Corda Vermelha / Branca – É nesta graduação que o capoeirista procura desenvolver todo o seu potencial, no sentido de congregar e manter os ideais da ABADÁ, já que está numa fase de transformação, ou seja, se preparando para assumir a graduação máxima dentro do sistema de graduação do ABADÁ. Para isso, é preciso, decidir com acerto, precisão, honestidade, lealdade e acima de tudo com sabedoria e imparcialidade.

GRÃO-MESTRE


Corda Branca – O Diamante – É o mineral que reflete todas as cores. É o minério mais duro e resistente. É dele que todo o sistema ABADÁ se sustenta, para a preservação dos seus ideais. É o branco que todas as cores se reunem. É através da sabedoria, paciência, humildade, lealdade e firmeza de propósitos que irá manter a sua filosofia, tradição e fundamentos. Só haverá um Grão-Mestre na ABADÁ. Todos estes atributos estarão concentrados numa única pessoa, que terá a responsabilidade maior de conduzir os destinos da ABADÁ.